Ilumiscan

Ilumiscan

Ilumiscan é um clareador da pele com tecnologia drone de liberação de ativos A pigmentação da pele é regulada por fatores genéticos, ambientais e endócrinos que modulam a quantidade, tipo e distribuição de melanina. A melanina epidérmica é um complexo funcional e estrutural dentro da epiderme composto por dois tipos de células: melanócitos e queratinócitos.

A variação na cor da pele é determinada principalmente pelo número, conteúdo de melanina e distribuição de melanossomas produzidos e transferidos por cada melanócito para um agrupamento de queratinócitos em torno dele. O complexo melanócito-queratinócito responde rapidamente a uma ampla gama de estímulos ambientais. Sob influência de fatores internos e externos, a pele frequentemente reage a esses agentes modificando o padrão de pigmentação constitutivo. Os principais participantes constituintes na pigmentação da pele incluem melanócitos e alfa-MSH (hormônio alfa estimulador de melanócito). Fatores extrínsecos como radiação pela luz UV (ultravioleta) também afetam o processo de pigmentação, ativando vias de melanogênese e estimulando a atividade da tirosinase.

A hiperpigmentação ocorre devido à produção de melanina de forma desigual. O papel fisiológico da melanina consiste em prover a cor da pele e a fotoproteção, difratando a radiação UV e protegendo, assim, o material genético da célula. As melaninas são produzidas, através da melanogênese, por células especializadas chamadas melanócitos. E a sua produção desordenada pode levar à formação de lentigem ou manchas escurecidas de senescência. Muitas são as modificações patológicas da cor da pele, que são denominadas discromias. Elas podem se apresentar em pessoas com 50 anos de idade ou mais, devido a uma combinação de melanina e fibras de elastina fragmentadas. Também podem surgir sob a forma de melasma, um escurecimento da pele difuso ao longo da testa, queixo e lábio superior. Este tipo de escurecimento da pele decorre de um problema hormonal, e é mais comum durante a gravidez e a menopausa, bem como com o uso recorrente de contraceptivos orais.

Gostaria de saber mais sobre Ilumiscan? Entre em contato conosco clique aqui.

 

Habilidades

Postado em

2 de março de 2022

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

× Como posso te ajudar?